CST BioTech

“CSTBiotech – Os (nossos) microrganismos produzem produtos importantes para o desenvolvimento da biotecnologia.”

No âmbito da 13ª Edição – Projeto Ciência na Escola, da Fundação Ilídio Pinho, os alunos do 3º ano A desenvolveram o Projeto CSTBiotech – Os (nossos) microrganismos produzem produtos importantes para o desenvolvimento da biotecnologia.

Este projeto teve como base a biotecnologia que é a procura e descoberta de recursos biológicos industrialmente exploráveis.

O nosso principal objetivo foi a deteção de microrganismos com potencial biotecnológico, capazes de produzir enzimas catabólicas ou substâncias com efeito antibiótico. Foi utilizada uma metodologia clássica para isolamento e deteção de microrganismos produtores de protéases, lípases, celulases e produtos de atividade antibiótica. Esta avaliação conduziu à seleção de um grupo de micróbios produtores de enzimas e capazes de inibir o crescimento de fungos que foram caracterizados.

Em termos de relevância pedagógica, pretendeu-se contribuir para a promoção e desenvolvimento do ensino das Ciências no 3º ano do 1ºCEB; promover a qualidade das aprendizagens, e do pensamento dos alunos sobre os tópicos em estudo; promover capacidades de pensamento (criativo, crítico, metacognitivo,…) relevantes noutras disciplinas do currículo e em diferentes contextos e situações como, por exemplo, de tomada de decisão e de resolução de problemas pessoais, profissionais e sociais.

O desenvolvimento e implementação do projeto só foram possíveis graças à parceria com a investigadora Professora Doutora Paula Vasconcelos Morais, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, conjuntamente com as professoras Susana Cristina Dias, professora de Matemática, 2º ciclo, e de Ciências Naturais, 2º/3º ciclo e secundário, e Ana Maria Ribeiro Ramos, professora titular da turma.


Outros conteúdos

selo 2023 2024